top of page

Fé e trabalho caminham juntos?


É possível glorificar a Deus através do meu trabalho?


Sim. Todo aquele que foi Justificado por Cristo deve viver para que, em tudo na sua vida, Deus seja glorificado, inclusive no seu trabalho.


É empregado? Seu esforço diário deve ser de fazer o melhor que puder pela sua empresa, esforçando-se para ser produtivo e concluir as tarefas que lhe são atribuídas. É empresário? Lembre que suas responsabilidades são grandes, pois Deus lhe confiou muitas vidas, inclusive a família daqueles que trabalham na sua empresa.


Infelizmente, em algum momento da história da igreja, tivemos uma separação entre o “trabalho para Deus” e o “trabalho secular”, fazendo com que somente os que atuassem na igreja fossem considerados os únicos que faziam algo para a glória de Deus. Hoje, muitos acabam por ficar desmotivados quanto ao que realizam no seu dia a dia, porque não conseguem enxergar nas suas atividades, algo que seja para “a glória de Deus”. Às vezes, a cobrança cada vez maior do seu chefe e a corrida para obter maiores lucros, tem gerados trabalhadores frustrados, fazendo com que esse sentimento venha crescer cada vez mais.


Mas, o que a palavra de Deus nos diz sobre o trabalho?


Na carta aos colossenses, o Apóstolo Paulo escreve “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração como para o Senhor e não para homens”.


Essa passagem pode ser usada num contexto mais amplo, em todas as áreas da nossa vida. Mas Paulo fala aqui sobre como deve ser a atitude do Cristão diante dos seus “senhores” terrenos. Tudo que fizermos, que seja com todo o nosso coração, como se fosse para o próprio Deus.


Ele acrescenta ainda algumas características desse trabalho: devemos fazer com sinceridade devido ao temor a Deus, pois é a Cristo que estamos servindo. Lembrando que Paulo não citou o trabalho A ou B, ou o tipo de serviço que deveríamos fazer para glorificar a Deus.


John Stott, em seu livro “O cristão em uma sociedade não cristã” fala sobre o propósito do trabalho para o Cristão. Ele diz que parte importante da nossa autorrealização como seres humanos é encontrada no trabalho. “O trabalho não é, primariamente, algo que fazemos para viver, mas a coisa que vivemos para fazer”. Fala também sobre os benefícios para a comunidade. Quando entendemos que nosso trabalho é importante e beneficia os que nos rodeiam, nosso senso de realização aumenta.


Por fim, a glória a Deus. Em geral, a mais alta função do trabalho é que, por meio dele, Deus seja glorificado. Independente da área em que estivermos atuando, precisamos ver nosso trabalho como cooperação com Deus. Ele criou todas as coisas e começou pelo Jardim do Éden, mas logo em seguida disse a Adão para que o guardasse, cultivasse e cuidasse dele. Essa cooperação glorifica a Deus, pois cumprimos seu propósito.


A vida daquele que foi justificado por Cristo deve ser PARA A GLÓRIA DE DEUS!


“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Co 10:31).


Escrito por: Daniel Souza Venâncio.

106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo